Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Imigração’ Category

Via Jornal Público

O desemprego causado pela crise financeira internacional deverá levar a Austrália a reduzir o número de autorizações a imigrantes que queiram trabalhar no país. O ministro australiano da Imigração, Chris Evans, disse ontem que o abrandamento da economia deverá levar a uma decisão nesse sentido após a divulgação dos dados financeiros do primeiro semestre, em Novembro.
De acordo com as previsões ontem citadas pela BBC, calcula-se que 190.300 imigrantes procurem a Austrália, para aí viverem e trabalharem, até ao fim de 2009. Mas esse número poderá vir a ser reduzido. “Estamos num mercado global e disputamos os migrantes com outros países, por isso as mudanças nas condições económicas globais irão afectar o nosso programa de migração e aqueles que procuram vir para aqui”, disse Chris Evans ao The Times of India.
O ministro sublinhou que a política de Imigração australiana foi definida tendo em conta a previsão de bom crescimento económico e as necessidades de trabalhadores especializados. “Se esses parâmetros mudam, o Governo vai ter de olhar para isso e tomar uma decisão quando tiver a informação apropriada”, disse Evans à estação de televisão Nine Networks. Depois, concluiu: “Claro que se a procura de trabalhadores diminuir vamos ter de ajustar o nosso programa de imigração de acordo com isso”.
O Governo australiano deverá também consultar as diversas indústrias antes de tomar uma decisão. “Sabemos que muitas das competências que chegam estão relacionadas com o sector das minas, o que permitirá aumentar a exportação”, salientou.
Grande parte dos imigrantes que chegam à Austrália vêm da antiga metrópole. “Penso que o retrocesso no Reino Unido no último ano ou dois renovou o interesse britânico em pessoas que queiram migrar temporária ou permanentemente”, adiantou o ministro australiano à BBC. Já este mês o ministro britânico responsável pela imigração, Phil Woolas, disse que o pais deverá reduzir o número de imigrantes também por causa da crise. A oposição liberal australiana também defende a redução da imigração para os valores de 2005 e 2006, anos em que foram concedidas 142.930 autorizações.

Curiosamente, aqui na Europa, a imigração não pára nem ninguém parece estar interessado em que tal aconteça. A crise que actualmente assola a Europa poderia servir de incentivo a que se começasse a repensar nas medidas a aplicar em relação à imigração mas não, há sempre lugar para mais um nem que seja para substituir o europeu. Não nos deve apenas preocupar a questão económica, como é o caso deste artigo, mas também questões culturais e da própria perda da identidade europeia. Como este artigo refere, o Governo Australiano quer cortar na imigração qualificada mas todos nós sabemos o que isto significa. Aqui na Europa persiste-se com o etnomasoquismo…até um dia.

Anúncios

Read Full Post »